Banner
Banner
Banner
Banner
Taxistas armam para entregar motorista de Uber a Strans PDF Imprimir E-mail
Qui, 18 de Maio de 2017 17:59

uberNa manhã desta quinta-feira, 18, um grupo de aproximadamente 30 taxistas foi flagrado perseguindo e agredindo um motorista do Uber, no bairro Ilhotas, em Teresina. A confusão iniciou quando dois taxistas solicitaram os motoristas pelo aplicativo e os levaram para próximo do hotel, onde guardas da Strans os aguardavam para apreenderem os veículos.

 

Enquanto os carros eram recolhidos, dezenas de taxistas se aglomeraram no local após a divulgação em grupos de WhatsApp da categoria. Em um áudio um taxista assume que solicitou um dos motoristas do Uber para levá-los à 'cilada' armada com a Strans.

 

Além de ter o veículo recolhido, um motorista foi perseguido e agredido próximo ao hotel. Um vídeo gravado por um morador de um prédio ao lado mostra o homem correndo do grupo de taxistas, quando um deles atira uma pedra, o homem tenta lutar, mas é cercado pelo grupo, chutado, depois consegue correr até a avenida Marechal Castelo Branco.

 

Nas redes sociais vários internautas se manifestaram contra atitudes dos taxistas e iniciaram um boicote contra os profissionais que alegam ser prejudicados com a chegada do aplicativo à capital.

 

As cenas de agressões contra motoristas do Uber se tornam cada vez mais comuns, ao tempo que a população se manifesta contra os atos de violência e defende a liberdade de escolher qual transporte deseja usar.

 

180 graus

Última atualização em Qui, 18 de Maio de 2017 18:04
 
OAB Nacional e Colégio de Presidentes cobram apuração urgente de denúncias contra Temer PDF Imprimir E-mail
Qui, 18 de Maio de 2017 16:11

São estarrecedores, repugnantes e gravíssimos os fatos noticiados por O Globo a respeito de suposta obstrução da Justiça praticada pelo presidente da República e de recebimento de dinheiro por parte dos senadores.

 

A serem verdadeiras as notícias, o Presidente Temer perde as condições para continuar à frente da Presidência. A sociedade precisa de respostas e esclarecimentos imediatos. As cidadãs e cidadãos brasileiros não suportam mais conviver com dúvida.

 

Por isso, as gravações citadas precisam ser tornadas públicas, na íntegra, o mais rapidamente possível. A apuração dos fatos deve ser feita com celeridade, com transparência e garantido o devido processo legal. A Constituição é o porto seguro da cidadania. Nela encontramos a saída para momentos de extrema crise como a que agora vivemos.

 

Diretoria do Conselho Federal e Colégio de Presidentes de Secionais da Ordem dos Advogados do Brasil

 

OAB

Última atualização em Qui, 18 de Maio de 2017 16:34
 
“Como não pensar que não mandaram matar meu pai”, diz filho de Teori PDF Imprimir E-mail
Qui, 18 de Maio de 2017 13:06

frnciscoNa noite desta quarta-feira, 17, Francisco Zavascki, filho do ex-ministro falecido e relator da operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, levantou suspeita sobre a morte de seu pai, vítima de um acidente aéreo no Rio de Janeiro, no último dia 19 de janeiro.

 

"Derrubaram a Dilma e assumiu o Temer. Do que eles são capazes? Será que só pagar o silêncio alheio ou derrubar avião também está valendo?", questionou Francisco. O comentário foi feito em rede social e o post foi apagado em seguida, mas replicado por internautas.

 

O advogado escreveu que as investigações chegaram muito perto de líderes do PMDB e afirma que Teori sabia quanto "cada um estava afundado em corrupção". No final do texto, Francisco pede desculpas pelo desabafo e disse que não tem "como não pensar que não mandaram matar meu pai", finalizou.

 

Confira a íntegra da postagem.

"O PMDB está no poder desde sempre e, como todos sabemos, estava com o PT aproveitando tudo de bom que o Governo pode dar… até que veio a Lava jato.

 

A ordem sempre foi a de parar a Operação (isto está gravado nas palavras dos seus líderes). Todavia, ao que parece, até para isso o PT era incompetente e, ao que tenho notícia, de fato, o PT nunca tentou nada para barrar a Lava Jato (ao menos o pai sempre me disse que nunca tinham tentando nada), o que sempre gerou fortes críticas de membros do PMDB.

 

O problema é que as investigações começaram a ficar mais e mais perto e os líderes do PMDB viram como única saída, realmente, brecar a Operação a qualquer custo. Para isso, precisava do poder. Derrubaram a Dilma e assumiu o Temer. Do que eles são capazes? Será que só pagar pelo silêncio alheio? Ou será que derrubar avião também está valendo?

 

O pai sabia de tudo isso. Sabia quanto cada um estava afundando nesse mar de corrupção. Não é por acaso que o pai estava tão afilho [sic] com o ano de 2017.

 

Aflito ao ponto de me confidenciar que havia consultado informalmente as Forças Armadas e que tinha obtido a resposta de que iriam sustentar o Supremo até o fim!

 

Que gente sínica [sic]. Não tem coisa que me embrulha mais o estômago do que lembrar que, no dia do velório do meu pai, diante de tanta dor, ainda tive que cumprimentar os membros daquele que foi apelidado naquele mesmo dia de o “cortejo dos delatados”.

 

Impeachment já!

Desculpem o desabafo, mas não tenho como não pensar que não mandaram matar o meu pai!"

 

filhoteori

O Povo

Última atualização em Qui, 18 de Maio de 2017 13:13
 
<< Início < Anterior 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 Próximo > Fim >>

Página 100 de 1239
Banner

DEPARTAMENTO COMERCIAL

(89)9930-9050

                                                                                                                whatsapp-6in3 copy(89)9401-8521

REDAÇÃO

 

(89)3521-1241

 

 

 

REPORTAGEM

(89)9922-6983

(89)9909-2133

(89)9434-4620


EMAIL

piauinoticias@hotmail.com

:: PIAUÍ NOTÍCIAS ::
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
É permitido a reprodução com autorização ou citação de fonte
linksoft